Bloco K e eSocial: o ano começa com mudanças

Contabilistas e clientes devem estar atentos já nos primeiros dias do ano. Mudanças ocorrem nos lançamentos envolvendo órgãos públicos, notadamente nos procedimentos digitais das empresas.

Uma delas envolve o eSocial. A recepção dos eventos S-1200 (Remuneração de trabalhador vinculado ao Regime Geral de Previdência Social) da competência janeiro de 2019 está suspensa até que seja publicada a portaria governamental que reajusta as faixas salariais que definem as alíquotas de desconto previdenciário do segurado , entre 8 e 11%. A medida envolve também o recebimento do  salário família para 2019.

Segundo a Receita Federal, a decisão ocorre porque o eSocial precisa da tabela de alíquotas atualizada para retornar os eventos de totalização S-5001 para os empregadores.

Caso o empregador já tenha transmitido algum evento S-1200, será necessário reenviá-lo posteriormente com indicativo de retificação (indRetif = “2”) para receber o totalizador com os valores corretos.

Veja mais detalhes – clique aqui

Bloco K

Já a indústria se vê diante do Bloco K. O alinhamento entre colaboradores e contabilistas precisa ser afinado, já que a prática envolverá o cadastro de produtos da empresa.A avaliação de cada item e sua finalidade surge como fundamental não apenas para o envio das informações, mas também para o preenchimento fiel às ações da organizações.

Entre os cuidados a serem aprimorados, está o fato de os produtos estarem categorizados de forma correta. Segundo o site do Sescon, um dos exemplos nesse sentido é se o produto  categorizado como matéria-prima será realmente utilizado como matéria-prima, ou um produto que está como uso e consumo, é realmente para uso e consumo.

A finalidade dessas mercadorias é outro cuidado que precisa ser tomado de forma mais efetiva.

Confira alguns itens a considerar nesse processo – clique aqui.

(Imagem Freepik)