Da pequena sala até a turma de 1945: os homenageados na “Luca Pacioli”

A outorga da medalha “Luca Pacioli” tem resumido as características da profissão contábil em Limeira. Este ano, os ganhadores reuniram de empresa que começou na sala de uma residência ao profissional que se formou há 73 anos.

A escolha é feita anualmente em votação secreta pelos associados da APECL. Após solicitação da entidade, a Câmara de Vereadores oficializou a medalha no calendário do município.

A entrega ocorrida na sede do Poder Legislativo, no último dia 11/02, homenageou Jayme Cavinatto, como profissional do ano, e Leme Contabilidade, como empresa destaque. Os nomes foram anunciados no final do ano passado, durante o Jantar dos Contabilistas.

Cavinatto tem 91 anos de idade. No final de 1945, formou-se contador pelo Colégio Santo Antônio, que era conhecido pelo tradicional curso técnico da área em Limeira.

Jayme Cavinatto: formado em 1945 no Colégio Santo Antônio

Como profissional, atuou em empresas como Tetzner & Companhia e Indústria de Máquinas Lima. Também desenvolveu seu trabalho no escritório Mercúrio. Ainda foi proprietário de seu próprio escritório.

“Foram 62 anos de atividade, quando resolvi me aposentar”, diz Cavinatto.

Inovação

A Leme Contabilidade está há 27 anos no mercado, por iniciativa de sua diretora, Nilva Maria Leme, que também presidiu a APECL. Ela resolveu empreender após formar-se técnica em Contabilidade, para, em seguida, ingressar no curso de Ciências Contábeis.

Nilva lembra que o primeiro endereço foi a sala na casa de sua mãe. A expansão dos negócios exigiu salas no Centro, até chegar ao atual prédio, no Jardim Montezuma.

“A credibilidade e a inovação fazem com que a Leme atenda, ainda hoje, clientes dos anos iniciais, ao mesmo tempo em que conquistamos novas empresas”, conta Nilva.

Nilva (à dir.) junto aos familiares e vereadora Erika Tank

Presidente da APECL, Odair Antônio Bonfilio destaca o espírito empreendedor do contabilista de Limeira. “Temos histórias de vida e de negócios bem intensas em nosso segmento. A medalha vem se consolidando justamente por destacar essas trajetórias”, avalia Odair.