Novembro Azul: diante do câncer de próstata, a prevenção

Associadas da APECL trabalham junto a seus colaboradores, familiares e amigos a respeito do Novembro Azul, que envolve a conscientização sobre o câncer de próstata. Números apresentados pela Prefeitura e órgãos de saúde apontam que um a cada cinco novos casos de câncer no município é de próstata.

O público masculino é o principal atingido. Os homens são mais resistentes às práticas de prevenção e exames, quando comparados ao grupo feminino no item saúde.

A campanha Novembro Azul é voltada a homens a partir dos 50 anos, que devem procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima para solicitar o exame de PSA (Antígeno Prostático Específico). De 1º a 30 de novembro, a coleta do PSA estará disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Limeira e no Centro Municipal de Patologia Clínica, desde que o paciente atenda às orientações do preparo prévio.

Por se tratar de uma campanha, não é necessário agendar consulta médica para receber o pedido.

Vice-prefeito e médico, Júlio César Pereira dos Santos disse durante evento sobre o tema que a próstata  é uma glândula que só o homem possui, localizada na parte baixa do abdômen. “Detectada precocemente, as chances de cura aumentam muito. Atualmente, temos meios de fazer a profilaxia, como o exame PSA, o toque retal e a ultrassonografia”, frisou.

O PSA é capaz de rastrear anomalias, e quando necessário, o diagnóstico pode ser complementado com o toque retal.

Em recente palestra na Câmara Municipal, o coordenador do Centro de Radioterapia da Santa Casa, Leonardo de Paula Lage, informou dados sobre os atendimentos realizados pelo Centro de Oncologia de Limeira (COL), da Santa Casa. Dos 734 novos casos de câncer atendidos pelo COL neste ano, 141 são de próstata – o equivalente a 19,2%. “A faixa de maior prevalência está entre os homens de 65 aos 80 anos de idade”, disse.

Os sintomas geralmente são dificuldade, ardência e sangramento ao urinar, que aparecem quando a doença já está em estágio avançado. “Nossa intenção é fazer o diagnóstico antes do surgimento dos sintomas”, declarou Lage. Na fase inicial, as chances de cura variam de 90% a 95%.

Exames

Há necessidade de preparo para a coleta do exame. As recomendações são jejum de oito horas; não fazer exercícios ou andar de bicicleta, motocicleta, trator e cavalo dois dias antes da coleta; não manter relações sexuais três dias antes do exame; não ter realizado toque retal ou sondagem uretral nos últimos quatro dias; não ter feito colonoscopia nos últimos 15 dias e biópsia de próstata nos últimos 30 dias. Descumprir essas regras pode alterar o exame.

Os resultados dos exames saem após 10 dias úteis e poderão ser consultados no site da prefeitura ou retirados nas UBS. Eventuais alterações levam a Secretaria de Saúde a entrar em contato com o paciente para agendar consulta médica.

Serviço:

– Nas UBSs, a coleta do PSA será de segunda a sexta-feira, às 7h, com exceção da UBS Tatu e da UBS Lopes, em que o procedimento será feito toda terça-feira, às 7h30, e da UBS Pinhal, onde a coleta estará disponível toda segunda-feira, às 7h30.

– Excepcionalmente em novembro, e mediante apresentação de pedido, o exame também poderá ser feito no Centro Municipal de Patologia Clínica, conhecido como Laboratório Municipal, localizado na Rua João Machado Gomes Júnior, 54. A coleta ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 7h às 9h.

– Para fazer o exame, é necessário apresentar RG ou documento com foto, Cartão SUS e número de telefone atualizado, além do pedido.

– Informações estão disponíveis no Laboratório Municipal, pelo telefone 3444-1744.

(Com informações do site da Prefeitura de Limeira)