Crise: prefeitura anuncia como ficam ônibus, coleta de lixo e limpeza

Veja abaixo nota da Prefeitura de Limeira, a respeito dos problemas gerados pelo desabastecimento de combustíveis.

Comunicado Importante

Desde o início da manhã desta quinta-feira (24), o governo Mario Botion determinou a criação de um “gabinete de crise” na Prefeitura de Limeira para adotar medidas necessárias e acompanhar todo o problema de desabastecimento de combustível verificado no país. Evidentemente, a situação já afeta Limeira e está começando a provocar impactos em serviços da administração municipal – inclusive em relação ao transporte coletivo, hoje administrado sob o regime de intervenção. O prefeito comanda pessoalmente as ações e colocou todas as Secretarias e serviços para atendimento do “gabinete de crise”.

No cenário nacional, o impasse em torno da crise de desabastecimento permanece, apesar de anúnio feito na noite de ontem (23) pela Petrobras de redução de 10% no preço do óleo diesel junto às refinarias. Hoje, caminhões seguem ocupando rodovias e as refinarias, como a de Paulínia (na região), permanecem paralisadas – não liberando combustível.

Diante desse cenário, a Prefeitura esclarece alguns pontos:

Em relação ao transporte coletivo, conforme informam a Secretaria de Mobiliade Urbana e a Viação Limeirense, durante esta quinta-feira os ônibus estão circulando com a retirada de 30% da frota das ruas. A medida causa impacto em todas as linhas. Porém, em todas elas há funcionamento de ônibus. Com a medida, o que ocorre é que o tempo de espera nos pontos por parte do passageiro será maior do que o habitual.

Caso o abastecimento não seja retomado hoje, amanhã (25) a redução da frota será maior – com a retirada de 50% dos veículos. Medida a ser aplicada em todas as linhas, porém, a exemplo do que ocorre hoje, nenhuma delas será impactada em ficar sem ônibus. O tempo de espera, evidentemente, será maior.

Já no sábado (26), caso o cenário de desabastecimento permaneça, não haverá serviço do transporte coletivo.

Em relação aos serviços essenciais e que dependem de transporte, a Prefeitura – por determinação do prefeito Mario Botion – adotou medidas para contornar eventual crise. Nesse caso, o Samu, a Central de Ambulância, o Corpo de Bombeiros (que recebe combustível da Prefeitura) e a Guarda Civil Municipal (GCM) estão com os seus serviços normalizados. Esses quatro serviços continuarão normalizados nos próximos dias, pois o prefeito Mario Botion conseguiu junto ao Replan e ao movimento grevista a liberação de cota para o abastecimento específico da frota para essas atividades.

O serviço de coleta de lixo terá funcionamento regular hoje (24), amanhã (25) e sábado (26)

Já a Forty, que cuida de limpeza pública, entre outros, não está sofrendo impacto com o desabastimento, devendo manter os seus serviços hoje e nos próximos dias.

Com relação a frota interna da Prefeitura, a determinação do prefeito é de que seja feita a paralisação total dos veículos. A exceção será apenas para casos extraordinários, que serão avaliados pelos secretários de cada Pasta em acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana.

(Site da Prefeitura de Limeira, postado às 14h55 de 24/05/18)

(Imagem Agência Brasil)

 

 

Compartilhe:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA AGORA

Notícias similares

CARTA ABERTA AOS CANDIDATOS (AS) DE LIMEIRA

A APECL- ASSOCIAÇÃO PROFISSIONAL DAS EMPRESAS CONTÁBEIS E CONTABILISTAS DE LIMEIRA é uma Associação Civil sem Fins Lucrativos, que representa os Escritórios Contábeis e Contabilistas